quarta-feira, 1 de abril de 2015

Dilma tem apenas 12% de aprovação no Ibope.



Pesquisa Ibope divulgada, hoje, mostra que a administração da presidente Dilma Rousseff tem a aprovação de apenas 12% dos entrevistados, no percentual que reúne os que avaliam o governo como “ótimo” ou “bom”. Em dezembro, no último levantamento do Ibope, 40% aprovavam a gestão da petista.
A pesquisa, encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), foi realizada entre os dias 21 e 25 de março e ouviu 2.002 pessoas em 142 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.
Os que julgam o governo “ruim” ou “péssimo”, segundo o Ibope, são 64%. Para 23%, o governo é “regular”.
O resultado da pesquisa de avaliação do governo Dilma foi o seguinte:
- Ótimo/bom: 12%
- Regular: 23%
- Ruim/péssimo: 64%
- Não sabe/não respondeu: 1%
Na pesquisa de dezembro, 27% consideravam dos entrevistados avaliaram a administração Dilma "ruim" ou "péssima". Já 32% consideraram a gestão "regular".
O nível de confiança da pesquisa é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.
Confiança
Segundo a pesquisa divulgada nesta quarta pela CNI, 24% dos entrevistados disseram ter confiança na presidente Dilma Rousseff; 74% afirmaram não confiar na petista; e 3% não souberam ou não opinaram.
Maneira de governar
O percentual dos eleitores que aprovam a maneira de governar de Dilma também caiu no levantamento do Ibope: passou de 52% para 19%.
Outros 78% dos entrevistados desaprovam a maneira de governar, e 4% não quiseram ou não souberam responder. Conforme a pesquisa, para 76% dos entrevistados, o segundo governo Dilma está sendo pior que o primeiro, enquanto para 18% está sendo igual. Outros 4% consideram a administração no segundo mandato melhor.
O levantamento mostra ainda que 14% da população acredita que o restante do segundo governo será ótimo ou bom. Outros 55% consideram que será ruim ou péssimo, 25% acham que será regular e 5% não quiseram ou não souberam responder.
A CNI também divulgou dados referentes à aprovação do governo por área. Em todos os nove setores avaliados na pesquisa, o percentual de desaprovação é superior a 60% dos entrevistados:

Impostos
Aprova: 7%
Desaprova: 90%
Não sabe/não respondeu: 3%
Taxa de juros
Aprova: 7%
Desaprova: 89%
Não sabe/não respondeu: 4%
Combate ao desemprego
Aprova: 19%
Desaprova: 79%
Não sabe/não respondeu: 3%
Segurança pública
Aprova: 16%
Desaprova: 81%
Não sabe/não respondeu: 3%
Combate à inflação
Aprova: 13%
Desaprova: 84%
Não sabe/não respondeu: 3%
Combate à fome e à pobreza
Aprova: 33%
Desaprova: 64%
Não sabe/Não respondeu: 3%
Meio ambiente
Aprova: 25%
Desaprova: 66%
Não sabe/não respondeu: 9%
Saúde
Aprova: 13%
Desaprova: 85%
Não sabe/não respondeu: 2%
Educação
Aprova: 25%
Desaprova: 73%
Não sabe/não respondeu: 3%
Percepção do noticiário sobre o governo
Mais favoráveis: 9%
Nem favoráveis nem desfavoráveis: 13%
Mais desfavoráveis: 72%
Não sabe/não respondeu: 6%

Do G1 e do Blog de Magno Martins

terça-feira, 31 de março de 2015

PARABÉNS.

Ao ilustre Dr Jarede Teles, pela colação de grau no curso de Enfermagem.
Foi na data de ontem, 30MAR2015, no Centro de Convenções de Pernambuco, sucesso nessa mais nova empreitada, o Senhor é contigo varão valoroso.

Dayana Teles, esposa do formado. 


Diel e Karla Teles, presentes no evento.

CGADB, CONAMAD, BELENZINHO, IGREJA-MÃE: QUE SIGNIFICAM?


Há dois dias, no perfil do Facebook, me foi feita a pergunta se eu ainda estava vinculado à Assembleia de Deus, Ministério do Belenzinho. Não é a primeira vez que tal indagação me é dirigida dessa forma. Dei a resposta que julguei adequada, mas lembrei-me que há mais de um ano planejei escrever algumas poucas linhas que ajudassem os cristãos de maneira geral, especialmente os assembleianos, a entender um pouco sobre como funciona a nossa estrutura denominacional. Acabei me esquecendo. 

Mas com a pergunta de anteontem, o tema me veio outra vez à memória, pois sei que não é fácil compreender esse "hibridismo" assembleiano, recheado de siglas e nomenclaturas, tais como CGADB, CONAMAD, CPAD, Ministério do Belenzinho, Ministério de Madureira, Igreja-Mãe etc., etc. Com o intuito de ajudar, tentarei clarificar as coisas, sem formalidade acadêmica e da forma mais simples possível. Comecemos.

CGADB é a sigla para Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil, considerada o tronco da denominação, pois é consequência da história que começou em Belém, PA, no ano de 1911, e passou a existir desde 1930 para, em tese, servir de guarda-chuva às Assembleias de Deus no país, que até então tinham predominância no norte e nordeste brasileiros, expandindo-se para o sudeste só a partir de 1924. Embora se considere das Assembleias de Deus e seu estatuto contenha normas que elas devem pôr em prática, não se trata de uma convenção de igrejas, como no caso da Convenção Batista Brasileira, mas de pastores: significa dizer que ela praticamente não tem nenhum poder de interferência na vida da igreja local.

Mas onde entram os ministérios e como eles se relacionam com a CGADB? Em tempos idos, mesmo já com a existência da entidade máxima, não havia convenções estaduais organizadas. Salvo engano, a primeira a ser estruturada foi a de Santa Catarina, no ano de 1948. Outras vieram depois. O que havia eram os chamados ministérios, geralmente com a sede na capital e igrejas espalhadas pelos bairros e cidades do Estado, com um pastor presidente a cuja autoridade os demais se submetiam. Ainda hoje é assim em alguns estados do nordeste. É tanto que a CGADB reconhece não só convenções, mas também ministérios estaduais a ela vinculados.

O Ministério do Belezinho, em São Paulo, se insere nessa construção "híbrida" assembleiana e surgiu da mesma forma como os demais. Embora, posteriormente, tenha gerado a CONFRADESP - Convenção Fraternal das Assembleias de Deus no Estado de São Paulo, as igrejas a ela filiadas nos municípios são conhecidas como pertencentes àquele Ministério, com sede na capital e estrutura eclesial no município e em outros adjacentes dividida em setores. Assim, quando se fala em Ministério do Belezinho pode-se estar falando da sede e seus setores, bem como da CONFRADESP e das igrejas no âmbito da referida Convenção Estadual, com o mesmo presidente: José Wellington Bezerra da Costa.

Mas o Ministério do Belenzinho não é a mesma coisa que CGADB. Este é o ponto. São distintos. Assim como outros ministérios e convenções estaduais, ele é mais um entre os demais a ela vinculados, sem "status" privilegiado. O que provoca confusão em algumas pessoas é que o presidente daquele Ministério é, também, o presidente há 25 anos da CGADB, passando a impressão que são apenas nomenclaturas distintas para a mesma organização, o que não corresponde à realidade. Belenzinho é uma coisa, CGADB outra. Portanto, pondo os pingos nos "is", o pastor José Wellington Bezerra da Costa não é o presidente das Assembleias de Deus no Brasil, mas da CGADB, que congrega pastores de todo o país, sem que haja qualquer subordinação das igrejas à referida presidência, a não ser as do Ministério do Belenzinho por ele o presidir.

Para não estender demais o post, CONAMAD, por sua vez, é a expansão do Ministério de Madureira, que teve como fundador o pastor Paulo Leivas Macalão no bairro do mesmo nome, no Rio de Janeiro, avançando depois pelos estados de São Paulo, Minas Gerais, Goiás e Distrito Federal. Até 1989 os seus pastores estiveram sob o guarda-chuva da CGADB, mas com a assunção de outra liderança que poderia fazer frente a certos interesses já latentes, aliada ao avanço para os estados do norte e nordeste, resolveu-se em AGO realizada em Salvador, BA, que ficariam suspensos até que se afastassem das referidas regiões e retirassem o caráter "nacional" de sua convenção. Como isso não aconteceu, Madureira passou a ser outro braço da Assembleia de Deus em nosso país e a sigla que ostenta - CONAMAD - significa Convenção Nacional das Assembleias de Deus no Brasil - Ministério de Madureira. A ela pertence a Editora Betel.

Por fim, quando nos reportamos à Igreja-Mãe, a referência é sempre à primeira igreja plantada em Belém, PA, pelos pioneiros Gunnar Vingren e Daniel Berg. Dali o trabalho floresceu em todo o Brasil e, por mais que haja quem torça o nariz, a história não pode ser mudada, a não ser que se faça como Stalin e se apaguem os fatos dos registros. Mãe nunca deixará de sê-lo. Convém ressaltar que quando se comemora o aniversário de fundação das Assembleias de Deus, não estamos falando de CGADB, mas da igreja em si mesma, cuja data é 18 de junho, oportunidade em que os pioneiros, em 1911, juntamente com irmãos desligados da Igreja Batista por causa da doutrina pentecostal, estabeleceram em Belém, PA, a nova igreja, que, inicialmente, chamava-se Missão de Fé Apostólica. Só passou a chamar-se Assembleia de Deus em 1918 por decisão de Gunnar Vingren, dos obreiros e da igreja em Belém. A CGADB ainda estava longe de vir à existência. E a CPAD, onde entra nisso tudo? Sem muitas delongas, a sigla significa Casa Publicadora das Assembleias de Deus e tem como legítima proprietária a CGADB. Ela não é de um grupo, mas da organização, assim como a Editorial Patmos, nos Estados Unidos.

Uma última informação: a quem interessar possa, sou filiado à CONFRADERJ - Convenção Fraternal das Assembleias de Deus no Estado do Rio de Janeiro, sob a presidência do pastor Temóteo Ramos de Oliveira, também vinculada à CGADB, onde sou registrado sob o número 3866.

Fonte:geremiasdocouto.blogspot.com.br
Pastor Geremias do Couto

5 'segredos' da Cientologia revelados em documentário.

Getty
Documentário afirma que Igreja tem 50 mil membros


Os detalhes e a estrutura de funcionamento da Igreja da Cientologia ainda são pouco conhecidos apesar de sua fama ter crescido nas últimas décadas.
A Cientologia foi fundada na Califórnia nos anos 1950 pelo escritor de livros de ficção científica L. Ron Hubbard. Em alguns países, inclusive nos Estados Unidos, tem condição de religião. Mas, em outros, como a França, é considerada uma seita.
Sabe-se que os responsáveis pela religião não poupam esforços para silenciar seus críticos, recorrendo a tribunais e lançando campanhas de propaganda.
Mas com a chegada da internet e as redes sociais, a tarefa de proteger a imagem da igreja tornou-se cada vez mais difícil.
Exemplo disso é a repercussão na internet de um documentário transmitido no domingo pelo canal de televisão americano HBO, no qual são feitas acusações sérias contra os responsáveis pela Cientologia.
O documentário é chamado Going Clear: Scientology and the Prison of Belief(Esclarecendo: Cientologia e a Prisão de Crença, em tradução livre), baseado no livro de mesmo título de Lawrence Wright, ganhador do prêmio Pulitzer.
Dirigido por Alex Gibney, que ganhou um Oscar em 2008, o documentário entrevista ex-importantes membros da Igreja que revelam, entre outros pontos, a alegada manipulação a que alguns seguidores são submetidos, incluindo nomes conhecidos, como os atores Tom Cruise e John Travolta.
O programa mostra também detalhes sobre o financiamento da Igreja e os supostos abusos físicos e psicológicos sofridos por membros.
A porta-voz da Cientologia Karin Pouw disse, há algumas semanas, em comunicado enviado à BBC Mundo - o serviço em espanhol da BBC - que "as acusações feitas no documentário são totalmente falsas e foram feitas sem pedir a versão da Igreja".
"A Igreja está comprometida com a liberdade de expressão. No entanto, a liberdade de expressão não dá carta branca para emitir ou publicar informações falsas".
Veja abaixo alguns dos detalhes sobre a Igreja da Cientologia revelados por entrevistados do documentário Going Clear.
1. Membros da Igreja 'são submetidos a abusos físicos e psicológicos'Religião foi fundada na Califórnia nos anos 1950 pelo escritor de livros de ficção científica L. Ron Hubbard
O documentário fala sobre a política de "desligamento", que obriga os seguidores da Igreja a cortar todo contato com família e amigos que deixam a fé.
Além disso, dá detalhes sobre o que é conhecido como 'The Hole' (o buraco), cativeiros onde, supostamente, são mantidos membros desobedientes do Sea Org - nome de um ramo que dirige a Igreja e que conta uma frota de barcos - e que seriam abusados física e psicologicamente.
Como o documentário explica, muitos membros da Sea Org trabalham em troca de uma salário baixíssimo. Dali controla-se a chamada Força do Projeto de Reabilitação, que possui campos de internação para onde são enviados membros da Cientologia que não cumprem as expectativas da organização e os que são forçados a trabalhar sem descanso.
Uma ex-membro da Igreja conta como, supostamente, foi obrigada a realizar "trabalho forçado" durante a gravidez. Ela diz que teve seu bebê levado e, em seguida, abandonado doente "em um berço coberto por urina, fezes e moscas."
Além disso, segundo o documentário, membros da Sea Org - que tem uma seção infantil na qual crianças começam a trabalhar desde cedo - são aconselhados a não ter filhos e, em caso de gravidez, o aborto é sugerido.
2. A Cientologia 'pressionou autoridades para ser declarada uma religião e não pagar impostos'Tom Cruise e o atual líder da Cientologia, David Miscavige, são bons amigos
No documentário, afirma-se que L. Ron Hubbard - que é acusado de mentir sobre seu histórico no Exército dos EUA e de maltratar sua segunda esposa - decidiu criar a Cientologia para ganhar dinheiro.
A organização - que o Going Clear diz ter 50 mil membros - não paga impostos há décadas e deve centenas de milhões de dólares a autoridades.
No início dos anos 90, o atual líder da organização, David Miscavige, pressionou o IRS americano, órgão equivalente à Receita Federal brasileira, para conceder à Cientologia status religioso, o que a isentaria de impostos.
O programa diz que a Igreja entrou com mais de 2 mil ações judiciais contra funcionários do IRS e investigou a vida pessoal de muitos deles com detetives particulares.
Finalmente, em 1993, o IRS concedeu à Igreja a condição de religião, o que, segundo o documentário, permitiu que a Cientologia atingisse um patrimônio de US$ 1,5 bilhão.
3- Detalhes da religião 'são conhecidos apenas após o pagamento de milhares de dólares'Nas últimas semanas, a Igreja da Cientologia lançou uma campanha de informação em resposta ao documentário de Alex Gibney.
Ao contrário do que acontece na maioria das religiões, membros na Cientologia só passam a conhecer detalhes do credo da religião aos poucos, e depois de pagar grandes quantidades de dinheiro, diz o documentário.
Eles têm de pagar por anos para subir dentro da Igreja e só quando atingem certo nível, conhecido em inglês como "Operating Thetan III", têm acesso a documentos escritos pelo próprio Ron. L. Hubbard.
Neles, há explicações sobre a história de Xenu, um ditador galático que há 75 milhões de anos trouxe milhões de pessoas à Terra em naves espaciais, depositando-as em vulcões e aniquilando-as com bombas de hidrogênio.
A Cientologia evita falar publicamente sobre Xenu. Em Going Clear, o cineasta Paul Haggis, que deixou a organização há alguns anos, conta que não era capaz de acreditar que esta história fizesse parte da tradição da Igreja.
4- A Igreja da Cientologia 'causou a separação de Tom Cruise e Nicole Kidman'
Ator Tom Cruise é o membro mais conhecido da Cientologia; sua relação com a atriz Nicole Kidman teria tido intereferência da Igreja.
Um ex-alto funcionário da Igreja conta como supostamente a organização não via com bons olhos a relação de Tom Cruise, seu membro de mais alto perfil, e Nicole Kidman, que estiveram casados entre 1990 e 2001.
É afirmado que a atriz era considerada uma "fonte potencial de problemas" por ter sido criada no catolicismo e ter um pai psicólogo - um dos inimigos da Cientologia é a psiquiatria.
Kidman teria sido, supostamente, investigada por detetives particulares e seu telefone foi interceptado a pedido de Cruise. A Igreja teria, ainda, tentado colocar os dois filhos adotivos do casal contra a mãe para que Cruise pudesse conseguir a custódia deles no caso de um divórcio.
Em Going Clear também afirma-se que, após o divórcio do casal, a igreja comprometeu-se a encontrar uma nova namorada para Tom Cruise, a também atriz Nazanin Boniadi.
5- John Travolta 'não deixa a Igreja por medo de que detalhes de sua vida pessoal sejam revelados'John Travolta não deixaria Igreja por temer que detalhes de sua vida pessoal sejam revelados, disse documentário
Os membros da Cientologia são regularmente submetidos a chamadas auditorias, confissões gravadas e nas quais explicam detalhes de sua vida pessoal. As sessões teriam o objetivo de encontrar a origem dos traumas que afetam uma pessoa.
Going Clear afirma que as informações obtidas nas auditorias são, então, usadas para "chantagear" membros descontentes com a organização.
Esse seria o caso do ator John Travolta que, alega-se, não deixa a Igreja por medo de que detalhes de sua vida pessoal sejam revelados.
Fonte:BBC / Brasil.

sexta-feira, 27 de março de 2015

"Meninos e Meninas no Mesmo Banheiro Das Escolas", Diz Diário Oficial.

O Conselho Nacional de Combate à Discriminação e Promoções dos Direitos de Lésbicas, Gays, Travestis e Transexuais”, conselho ligado à Secretaria de Direitos Humanos do Governo Federal bateu o martelo e decidiu que em escolas e universidades de todo o Brasil, meninos podem usar banheiros femininos e meninas podem usar banheiros masculinos. Decisão publicada no Diário Oficial da União no último dia 12, que determina o seguinte: “As escolas e universidades, públicas e particulares, devem garantir o uso de banheiros, vestiários e demais espaços segregados acordo com a identidade de gênero de cada sujeito”.
Ou seja, o gênero da pessoa é definido por ele mesmo.
Uma outra resolução publicada no mesmo dia, é a utilização do nome social para menores de 18 anos, sem a necessidade de autorização dos pais...o Joãozinho pode ser chamado de Mariazinha e vice-versa. O nome social já vem sendo utilizado por adultos em universidades, como na lista de chamada, por exemplo. Segundo o Conselho, isso garante que o sujeito que faz parte do movimento LGBT não sofra constrangimento e seja chamado pelo nome que lhe deixe mais à vontade.
Alguns pais se declararam contra, alegando que qualquer homem, por exemplo, pode se dizer travesti e entrar em um banheiro feminino, tendo assim a hipótese de estupro.
E você, o que acha disso?


Fonte Original: www.ofuxicogospel.com

Presbiteriana dos EUA ordena primeiro casal de pastoras lésbicas.


Presbiteriana dos EUA ordena primeiro casal de pastoras lésbicas
Presbiteriana dos EUA ordena pastoras lésbicas
                                                                                                
A Igreja Presbiteriana dos Estados Unidos ordenou um casal de lésbicas como pastoras na First & Central Presbiteriana Church, em Wilmington, Delaware.
As duas mulheres estão casadas há três anos e serão ordenadas em uma cerimônia marcada para acontecer no próximo domingo (29), menos de duas semanas após a denominação aprovar uma emenda que aceita a união entre pessoas do mesmo sexo.
Kaci Clark-Porter e Holly já foram criadas por famílias conservadoras do Texas e chegaram a se casar com homens, mas se divorciaram. Após o divórcio elas se encontraram e fizeram o seminário da igreja.
Clark-Porter será a pastora associada da First & Central e Holly vai liderar a Gay Big Church, uma filiada da First & Central.
O homossexualismo é aceito na Igreja Presbiteriana dos Estados Unidos (PCUSA), tanto é que ela já realiza casamentos religiosos entre pessoas do mesmo sexo e já havia ordenado pastores homossexuais celibatários.

PCUSA é uma igreja apóstata

A decisão da PCUSA, por sua vez, não reflete em outras igrejas presbiterianas, tanto é que o reverendo Augustus Nicodemus, da Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB) afirmou que a igreja americana é considerada como apóstata.
“A Igreja Presbiteriana do Brasil não tem nenhum relacionamento com esta ‘igreja’ americana, da qual se desligou faz décadas por causa das posturas liberais da mesma, muito antes dela aprovar o casamento gay”, esclareceu o vice-presidente do Supremo Concílio da IPB em seu blog, ‘O tempora! O mores!’.
“A PCUSA é uma denominação liberal que já abandonou faz tempo os principais pontos da Reforma, como a autoridade e infalibilidade das Escrituras”, criticou Nicodemus.
Para deixar claro o posicionamento da IPB ele escreve: “A IPB é conservadora na sua doutrina e mantém o conceito da inerrância das Escrituras. Como tal, não reconhece o ‘casamento’ gay e certamente repudia tal decisão da PCUSA de redefinir o casamento desta forma.
Gospel Prime

Pérolas Diárias.

Resultado de imagem para perolas diarias
"Pelo qual temos ousadia e acesso com confiança, mediante a fé nele." (Efésios 3.12).
Deus não pode ser experimentado através de nossos cinco sentidos, mas, sim, através da fé em Jesus Cristo. "Mesmo que meus sentimentos me digam mil vezes não, eu quero confiar na Tua Palavra!" Há muito eu teria naufragado se tivesse confiado nos meus sentimentos volúveis e nas minhas emoções muitas vezes destrutivas. Vivo pela fé, muitas vezes sem nada sentir, em meio às maiores tentações e tempestades, mas em comunhão ininterrupta com o Senhor. A fé é um mistério. Mas assim mesmo ela é maravilhosamente simples: ter fé é se entregar ao Senhor poderoso. Então se torna experiência pessoal o que o autor de um conhecido hino expressou da seguinte maneira: "Estou seguro nos seus braços, estou seguro no seu peito." Porém, essa segurança nos braços de Jesus, essa proximidade ao peito do Senhor só será uma experiência contínua em nossa vida através da leitura bíblica e da oração. Pela Bíblia, Deus fala a nós, e, por meio da oração, nós falamos a Ele.
No fundo é tudo muito simples: recebemos tudo o que Deus nos oferece por meio de Jesus Cristo, em uma confiança infantil, não com o intelecto, mas com o coração. O Senhor diz: "Dá-me, filho meu, o teu coração." Se você ainda não o fez, faça-o ainda hoje!

27 de março na História.

1931
Auguste Piccard sobe a 15.781m num balão
1950
China e URSS assinam acordo para exploração mineral.
1951
Forças da ONU autorizadas a invadir a Coreia do Norte.
1959
EUA reatam relações com a Bulgária, suspensas desde 21 de fevereiro de 1950.
1965
Terremoto mata 247 pessoas na região central do Chile.
1969
NASA lança o Mariner 7, a segunda sonda automática em direção a Marte.
1977
Dois Boeing-747 se chocam e explodem no aeroporto de Los Rodeos, lhas Canárias, matando 576 pessoas, na pior tragédia de toda a história da aviação.
1989
Brasil firma acordo com China para transferência de tecnologia para produção de foguetes do tipo Longa Marcha 3.
1996
Ygal Amir, assassino do primeiro-ministro de Israel, Yitzhak Rabin, é condenado à prisão perpétua.
2000
Uday, filho mais velho do presidente Saddam Hussein, é o candidato mais votado nas eleições legislativas do Iraque
2002
Um terrorista suicida mata 16 pessoas e deixa 130 feridos em Netânia, Israel, durante a páscoa judaica.
2003
O presidente Lula autoriza o comércio de soja transgênica.Fonte: Barsa

sexta-feira, 20 de março de 2015

Boicote evangélico.


j
Nota de repúdio ao beijo gay em Babilônia
A Frente Parlamentar Evangélica, presidida pelo tucano João Campos, soltará hoje uma nota oficial de repúdio contra a cena do beijo entre Fernanda Montenegro e Nathalia Timberg emBabilônia.
Segundo o texto, a novela tem a intenção de “afrontar os cristãos” e, sabe-se lá porque, ressalta que as atrizes tem 85 anos de idade..
Diz ainda que trata-se de um “estupro moral imposto pela mídia liberal” e convoca os evangélicos a não assistirem Babilônia.
Nesta semana, Silas Malafaia e Marco Feliciano já haviam disparado críticas contra a novela pelas redes sociais.
Por Lauro Jardim

quarta-feira, 18 de março de 2015

Igreja Jesus é Lindo e Cheiroso borrifa perfume nos fiéis durante culto.


Igreja Jesus é Lindo e Cheiroso borrifa perfume nos fiéis durante culto

Resultado de imagem para Igreja Jesus é Lindo e Cheiroso
Uma experiência sobrenatural fez com que a missionária Alexandra fundasse uma igreja evangélica com um nome muito incomum: Igreja Jesus é Lindo e Cheiroso.
Pode parecer brincadeira ou desrespeito com a figura de Cristo, que na Bíblia é citado como alguém sem beleza ou formosura, mas o nome nada mais é do que o resultado dessa experiência vivida pela missionária.
“Um dia, eu estava com muita dor nas costas e comecei a orar. De repente, visualizei Jesus Cristo na minha frente, curando meu sofrimento com um bálsamo. Senti um perfume muito bom e tive vontade de repetir algumas vezes ‘Jesus, você é lindo e cheiroso'”, relata Alexandra em entrevista ao portal Vírgula.
Foi assim que nasceu a igreja que está sediada na cidade de Guarulhos, na Grande São Paulo, e que em breve terá uma filial em Imbituba (SC), segundo a reportagem assinada pela jornalista Ana Beatriz Bonduki.
O nome da igreja não é a única diferença entre a Igreja Jesus é Lindo e Cheiroso e as demais denominações evangélicas. O culto da igreja tem rituais bem incomuns, como o fato do pastor borrifar perfume no ar durante o culto, deixando os fiéis perfumados.
Mas apesar disso, Alexandra garante que a pregação é a mesma. “Pregamos o mesmo evangelho, mostramos o mesmo Jesus que a Bíblia e acreditamos na cura pelo Senhor”, diz a missionária confusa com as críticas que recebe pelo nome do ministério.
Além de enfrentar problemas com o próprio setor, a missionária quase não conseguiu registrar o nome da denominação no cartório. “Achavam que era uma brincadeira desrespeitosa”, lembra.
Gospel Prime